Arquivo do autor:Arthur Virmond de Lacerda Neto

Quem devastou o pau-brasil?

Reproduzo o artigo do pesquisador Armando Alexandre dos Santos, publicado no periódico Paz, em 7 de dezembro de 2015. Ele desfaz o mito de que os portugueses aniquilaram as florestas de pau-brasil da costa brasileira.           … Continuar lendo

Publicado em História luso-brasileira, Não categorizado, Pau-brasil. | Deixe um comentário

           “A SUJEITA COM O GURI ESTAVA NA FILA DO BONDE”. ” A GAJA COM O PUTO ESTAVA NA BICHA DO ELÉTRICO”.

“A SUJEITA COM O GURI ESTAVA NA FILA DO BONDE”. ” A GAJA COM O PUTO ESTAVA NA BICHA DO ELÉTRICO”. Arthur Virmond de Lacerda Neto. 10.8.2020. A primeira das frases do título contém léxico típico do Brasil; a segunda, … Continuar lendo

Publicado em Língua portuguesa, Lusofobia, Não categorizado | Deixe um comentário

Estrangeirismos em itálicos.

Escrevei para a Folha de S. Paulo em agosto de 2020: “Bons dias.  É da regra da língua portuguesa que estrangeirismos sejam grafados entre aspas ou em itálicos, norma que as folhas brasileiras negligenciam, por preguiça, por ignorância, por desleixo, … Continuar lendo

Publicado em Estrangeirismos., Não categorizado | Deixe um comentário

Agenteísmo, voceísmo, aísmo: vícios de linguagem.

Agenteísmo, voceísmo, aísmo: vícios de linguagem. Arthur Virmond de Lacerda Neto. 6.VII.2020. Chama-se agenteísmo o vício de linguagem consistente no uso repetitivo e quase exclusivo da locução “a gente”. “A gente” significa as pessoas, indeterminadamente. Por exemplo: a gente moça … Continuar lendo

Publicado em Vício de linguagem, Vernáculo. | Deixe um comentário

A homossexualidade.

A HOMOSSEXUALIDADE. A HOMOSSEXUALIDADE. Arthur Virmond de Lacerda Neto. 21.6.2020.   Até pretérito recente havia, no Brasil, intensa grita, da parte de evangélicos, adversa ao casamento homo e às expressões de afetividade e relação homo. Nas igrejas predicava-se homofobia, nos … Continuar lendo

Publicado em Costumes., homofobia, Homossexualidade | Deixe um comentário

A derrubada de monumentos.

É correto, é justificável o vandalismo e a iconoclastia de monumentos ? Podem bandos arrogarem-se o papel de justiceiros e destruírem monumentos, em nome de seus valores ? E a estátua de Borba Gato ? Que seja mantida. E o … Continuar lendo

Publicado em Bandeirantes., Flávio Suplicy de Lacerda., História luso-brasileira, Monumentos, derrubada. | Deixe um comentário

A crueldade (?) dos bandeirantes.

A CRUELDADE DOS BANDEIRANTES. Lugares de Cassiano Ricardo, Marcha para Oeste (vol. I, São Paulo, José Olympio, 1970, p. 267 e ss.). “Até certo ponto, a pergunta — cruel porque escravizou o índio? — obtém resposta, por exemplo, nos casos … Continuar lendo

Publicado em Bandeirantes., História luso-brasileira | Deixe um comentário

EM DEFESA DOS BANDEIRANTES.

    EM DEFESA DOS BANDEIRANTES. “O programa Fantástico, por meio do apresentador Pedro Bial, vem emitindo uma série de matérias relativas à história do Brasil. Toda iniciativa que se destine a rememorar os fatos do passado de um país, … Continuar lendo

Publicado em Bandeirantes., História luso-brasileira | Deixe um comentário

Para a CNN.

MANDEI PARA A CNN. “Para Willian Haack e demais locutores da CNN: Os locutores da CNN costumam usar a expressão “a gente” e não os pronomes eu, nós, eles, vós. Esta expressão é do uso popular, porém não é melhor … Continuar lendo

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário

Derrubar estátuas ?

Vandalização do busto de Flávio Lacerda, em 2014. A derribada de monumentos. Arthur Virmond de Lacerda Neto. 9.VI.2020.   I- O valor dos monumentos.                 II- A estátua de Manuel da Borba Gato.                 III- O busto de Flávio Suplicy … Continuar lendo

Publicado em Borba Gato., Flávio Suplicy de Lacerda., Monumentos, derrubada., Violência. | Deixe um comentário