Arquivo da categoria: Mesóclise.

Mesóclise no primeiro elogio ao Brasil.

O PRIMEIRO ELOGIO QUE SE FEZ AO BRASIL FOI COM MESÓCLISE. “[…] águas são muitas, infindas; [a terra] em tal maneira é graciosa que, querendo a aproveitar, dar-se-á nela tudo por bem das águas que tem […].” Pero Vaz, de … Continuar lendo

Publicado em Caminha., Mesóclise. | Deixe um comentário

Oração da mesóclise.

ORAÇÃO DA MESÓCLISE. Arthur Virmond de Lacerda Neto. 23.V.2020.   — Amanhã, tu e eu encontrar-nos-emos. Que belo rapaz ! Desejá-lo-ei ?, pensei, e indaguei-lhe: — Para que fim reunir-nos-emos? — Para ensiná-la. — Ah, sim ? Ensiná-la-emos: mais sabença. … Continuar lendo

Publicado em Mesóclise., Vernáculo. | Deixe um comentário

Anedota (mesóclise e pronomes contraídos).

  Anedota. Era professor substituto na UFPR (em 1997 ou 1998); um aluno disse à sua colega: “Vou estar vendendo isto daí para você”. Obtemperei-lhe: “É possível dizer esta frase em uma só palavra”. Surpreenderam-se; passei à demonstração: —  “Vou estar … Continuar lendo

Publicado em Mesóclise., Pronomes contraídos., Vernáculo. | Deixe um comentário

Texto sem mesóclise é texto pobre.

  TEXTO SEM MESÓCLISE É TEXTO POBRE. Mesóclise é a colocação do prenome no meio do verbo, é o pronome entremeado no verbo, usável no futuro: dar-lhe-ei, poder-se–a, fá-lo-ia, e não: lhe darei, se poderá, o fará. Escritores e escrevinhadores … Continuar lendo

Publicado em Mesóclise., Vício de linguagem, Vernáculo. | Deixe um comentário

Duplo sujeito. Vulgaridades de redação. Mesóclise.

                Vício do duplo sujeito.  Vulgaridades de redação. Mesóclise. Arthur Virmond de Lacerda Neto. 2019. VÍCIO DO DUPLO SUJEITO. Os jornalistas brasileiros, os autores de textos acadêmicos (monografias, dissertações, teses) e muitos de quantos redigem no Brasil, praticam … Continuar lendo

Publicado em Duplo sujeito., Língua portuguesa., Mesóclise., Vício de linguagem | Deixe um comentário

Adulteração, no Brasil, de livros portugueses: Ilíada e a Odisséia, de Frederico Lourenço.

         Adulteração, no Brasil, de livros portugueses: Ilíada e a Odisséia, para jovens, de Frederico Lourenço. Arthur Virmond de Lacerda Neto. 12.X.2017. O português Frederico Lourenço traduziu a Ilíada e a Odisséia, e as adaptou para jovens em … Continuar lendo

Publicado em Frederico Lourenço., Ilíada., Língua portuguesa, Língua portuguesa., Literatura., Mesóclise., Preconceito lingüístico, Segunda pessoa do plural., Tradução. | 1 Comentário

Elogio da mesóclise.

                                                      Elogio da mesóclise. Arthur Virmond de Lacerda Neto. 21.VII.2017. A mesóclise é recurso … Continuar lendo

Publicado em Língua portuguesa., Mesóclise., Preconceito lingüístico | 1 Comentário