Arquivo da categoria: Língua portuguesa

Purismo.

Os idiomas recebem influências semânticas estrangeiras, na forma de palavras que acabam por se lhes incorporar. São os estrangeirismos, de que muitos são dispensáveis e desnecessários, sempre que houver palavra vernacular equivalente. Por exemplo (no caso do português): – se … Continuar lendo

Publicado em Língua portuguesa, Não categorizado | Deixe um comentário

Não há língua brasileira.

 Não há língua brasileira. Não há. A sintaxe é a mesma, o léxico é o mesmo; adjetivos, substantivos, verbos, preposições são os mesmos, com algumas diferenças de uso que nem de longe bastam para afirmar-se a existência de outro idioma. … Continuar lendo

Publicado em Língua portuguesa | Deixe um comentário

“Investigativo” e “autoevidente”: porcarias.

INVESTIGATIVO”: PORCARIA DE PALAVRA. Jornalismo “investigativo”… (?!). Copiaram do inglês “investigative”. Temos idioma e vocabulário próprios. Não devemos imitar o inglês. Em bom português: jornalista investigador; jornalista investigante; jornalismo investigador; jornalismo investigante. “Investigativo” é anglicismo, é tradução porca do inglês. … Continuar lendo

Publicado em Autoevidente., Investigativo., Língua portuguesa, Vício de linguagem | Deixe um comentário

Machado de Assis, os clássicos e as vulgaridades na escrita.

Escreveu Machado de Assis: “Em geral, porém, não se lê [os clássicos], o que é um mal.” Acresce Tito Lívio Ferreira: “É um mal porque não há aprendiz sem mestre.” (Tito Lívio Ferreira. Portugal no Brasil e no mundo, p. … Continuar lendo

Publicado em Língua portuguesa, Literatura., Machado de Assis. | Deixe um comentário

“Título” não é “livro”. “Não vai ter” não é “Não tem”. Burrices.

  “TÍTULO” É DIFERENTE DE “LIVRO”. NOVA BURRICE. “NÃO VAI TER”. BURRICE JÁ ANTIGA. O pessoal está chamando “livro” de “título”: – Procuro um título. -Ouvi falar de um título. -Quanto custa este título ? Não me venham com a … Continuar lendo

Publicado em Língua portuguesa, Vício de linguagem | Deixe um comentário

Carlos “ságân”, vulgo Carl Sagan.

  Carl Sagan pronuncio, orgulhosamente: Carlos (faço questão de traduzir os prenomes que, todos, são traduzíveis) “ságân”. Assim mesmo: orgulhosamente com a pronúncia do meu, do seu, do vosso, do nosso idioma. O que dói de ouvir é “dáiâna” para … Continuar lendo

Publicado em Língua portuguesa, Prenomes traduzidos. | Deixe um comentário

Valor da Língua Pátria.

  LÍNGUA PORTUGUESA, NOSSO VALOR DE CIVILIZAÇÃO. PROFESSORES QUE PRECISAM DE BEM USAR O PORTUGUÊS. Extratei aqui lugares de “O idioma oficial do Brasil é o português?”, do brasileiro Tito Lívio Ferreira (1894 — 1988). Artigo da Wikipedia sobre Tito … Continuar lendo

Publicado em Língua portuguesa, Tito Lívio Ferreira. | Deixe um comentário