Arquivo da categoria: Língua portuguesa

Adulteração, no Brasil, de livros portugueses: Ilíada e a Odisséia, de Frederico Lourenço.

         Adulteração, no Brasil, de livros portugueses: Ilíada e a Odisséia, para jovens, de Frederico Lourenço. Arthur Virmond de Lacerda Neto. 12.X.2017. O português Frederico Lourenço traduziu a Ilíada e a Odisséia, e as adaptou para jovens em … Continuar lendo

Publicado em Frederico Lourenço., Ilíada., Língua portuguesa, Língua portuguesa., Literatura., Mesóclise., Preconceito lingüístico, Segunda pessoa do plural., Tradução. | 1 Comentário

Pronomes contraídos.

PRONOMES CONTRAÍDOS. Vendo-lhe isto = vendo-lhe o = vendo-lho. Digo-lhe isto = Digo-lho. Dei isto para ti = Dei-te isto = Dei-to. Digo para vocês = Digo-vos. Já disso isto para vocês = Já vos disse isto = Já vo-lo … Continuar lendo

Publicado em Língua portuguesa, Preconceito lingüístico, Pronomes contraídos. | Deixe um comentário

Saramago e os americanismos.

           Saramago e os americanismos Arthur Virmond de Lacerda Neto. Decididamente, José Saramago encarnava talento, que se revelou no “Memorial do Convento”, que prosseguiu em “Todos os nomes”, que se reafirmou em  “A caverna”e se manteve … Continuar lendo

Publicado em Estrangeirismos., Língua portuguesa, Saramago., Vício de linguagem | Deixe um comentário

Reforma ortográfica. Fraude.

Vale a pena ouvir as informações de Sérgio Pachá, acerca do malfadado acordo ortográfico, da sua desrazão, da sua inoportunidade, da reação dos portugueses contra ele, da pasmaceira dos brasileiros. Vício do gerundismo.

Publicado em Acordo ortografia., Língua portuguesa | Deixe um comentário

Quero pica!

Quero pica ! Abril de 2014. – Quero pica!, disse um rapaz, meu amigo. -É amor que fica!, respondi-lhe. Contei este diálogo a várias pessoas, em Curitiba, em abril de 2014: os jovens de classe média riram, inclusivamente uma moça; três … Continuar lendo

Publicado em Cenas da vida., Língua portuguesa, Psicologia, Sexualidade. | 1 Comentário

Frase que disse em 18.I.2014.

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

O idioma nivelado por baixo.

                              Mentalidade: o brasileiro sabe mal o idioma, usa-o mal, fala-o mal, escreve-o com crescente desleixo e libertinagem. Tudo pode: é dois, naum, véio, fio, caráleo, aki, brasil, maria santana, kaza. No Facebook ou fora dele, por “divertimento” ou não, … Continuar lendo

Publicado em Língua portuguesa | 1 Comentário