Facebook.

A maioria das postagens noticiosas que me aparecem no Facebook é de notícias ruins, deprimentes, negativas. Acusações, denúncias, misérias, desgraças. São raras as postagens de informações que (me) valha a pena ler e igualmente rareiam textos interessantes.
Nas comunidades, muito mimimi, sectarismo, grosseria da direita, da esquerda, dos levianos.
Abundam postagens políticas o que, em si, não é mal. Mal é que quase toda a atenção das pessoas se limite ao político.
Muita perda de tempo, o que já sabia há anos.
É claro que cada usuário pode selecionar quem aceita e o que vê.
Quando comento em postagens (o que raramente pratico), amiúde desativo as notificações, para poupar-me à torrente de grosserias e de asneiras dos militantes disto e daquilo, e dos levianos. As pessoas incivilizaram-se na medida em que aprenderam a permitir-se grosserias, o que 20 ou 30 anos atrás era inaceitável.
É mister as pessoas reaprenderem a moderação, a contenção; a não dizerem, impulsivamente, o que lhes vem à mente, em antagonismo e como ataque; a contarem até 20; a meditarem antes de escrever. Se este mínimo de civilidade voltar a existir, será um grande passo para fora da barbárie.

Esse post foi publicado em Facebook.. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s