Meus livros (alguns) à venda.

Publiquei os seguintes livros (para mais de outros), à venda na Estante Virtual, www.estantevirtual.com.br :

A república positivista. Teoria e prática no pensamento político de Augusto Comte. Trato da ditadura republicana e do republicanismo positivista, da ação dos positivistas na república brasileira e da sua influência nela. Editora Juruá.

Provocações. Ensaios inteligentes, polêmicos e interessantes, sobre o Positivismo, sexualidade, crítica social, caracteres, ateísmo, curitibocas, amizades. É livro que vem causando muitas reações, pelo desassombro com que escrevo. Editora Vila do Príncipe.

A desinformação anti-positivista no Brasil. Este é o país do mundo em que cada despreparado profere a asneira que quer, contra o Positivismo: ele é autoritário, é burguês, Comte morreu louco, o regime militar foi positivista etc. Tais são algumas das burrices que desminto; indico livros confiáveis, sobre o Positivismo. Editora Vila do Príncipe.

Memórias de duas amizades. História verídica, rica de beleza moral, à volta de amizades. É livro útil para a formação da juventude, em um tempo de individualismo e de egoísmo, em que os valores da relação humana estão a perder-se. Editora Vila do Príncipe.

Dilema em Braga. História verídica, rica de beleza moral, à volta de amizades. É livro útil para a formação da juventude, em um tempo de individualismo e de egoísmo, em que os valores da relação humana estão a perder-se. Primorosamente escrito, lê-se em cerca de uma hora ou menos. Editora Juruá.

Estudos de Direito Romano (JM Livraria Jurídica, Curitiba, 2012). Adoção no direito romano; romanização do direito europeu; juristas medievais e o direito romano; ditadura romana e ditadura republicana; direito romano em “O espírito das leis, coexistências dos direitos romano e bárbaro, declínio do direito romano na Hispânia (tradução de capítulos de “O espírito das leis”); romanistas no Calendário Positivista de Augusto Comte (Papiniano, Ulpiano e Cujácio).

 Novos Estudos de Direito Romano (JM Livraria Jurídica, Curitiba,2012). Porque se estudar o direito romano; o direito romano na obra de Augusto Comte (realeza e império: diferenças; escravidão; nomes de família, propriedade e confisco, Instituições, moral laica, direito pretoriano, adoções); a romanização e a idéia de império.

Direito Penal Romano (JM Livraria Jurídica, Curitiba,2013). Súmula do tratado de direito penal romano de Teodoro Mommsem. Processo penal romano, crimes, penas.

(Todos os textos dos livros de direito romano acham-se em direitoromanolacerda.wordpress.com).

Juvenília de Antonio Chalbaud Biscaia, 2 volumes (JM Livraria Jurídica, 2014 e 2016). Florilégio da produção literária de Antonio Biscaia (contos, traduções, editoriais, poesias, novela, opereta, monólogos), com nota biográfica dele; achegas à biografia de Frederico Chalbaud y Pelletan e à genealogia de Chalbaud, na França, no Brasil, na Espanha e na Venezuela.

 

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros de Arthur Virmond de Lacerda Neto.. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s