Arquivo da categoria: Língua portuguesa.

Americanismos no idioma.

Quinze anos atrás, os estrangeirismos (especificamente, os anglicismos) eram prega idiomática no Brasil: quem podia, empregava-os, a torto e a direito; muitas vezes a torto, ou seja, com impropriedade, sem saber o que dizia. Porém, o importante era meter na … Continuar lendo

Publicado em Estrangeirismos., Língua portuguesa. | Deixe um comentário

Notas relativas ao vernáculo.

Para aprender a bem redatar, leia Machado, Aluísio, Bobbio; evite frases curtas; Português não é difícil; lusofobia, Renato Janine Ribeiro, Gilberto Freyre, Olavo de Carvalho; pessoal acadêmico que escreve mal; vícios e defeitos de redação; deter cultura literária. Usufrua do texto … Continuar lendo

Publicado em Gilberto Freyre., Língua portuguesa., Lusofobia, Notas sobre o vernáculo., Vício de linguagem, Vernáculo. | Deixe um comentário

Adulteração, no Brasil, de livros portugueses: Ilíada e a Odisséia, de Frederico Lourenço.

         Adulteração, no Brasil, de livros portugueses: Ilíada e a Odisséia, para jovens, de Frederico Lourenço. Arthur Virmond de Lacerda Neto. 12.X.2017. O português Frederico Lourenço traduziu a Ilíada e a Odisséia, e as adaptou para jovens em … Continuar lendo

Publicado em Frederico Lourenço., Ilíada., Língua portuguesa, Língua portuguesa., Literatura., Mesóclise., Preconceito lingüístico, Segunda pessoa do plural., Tradução. | 1 Comentário

Segunda pessoa do plural.

VÓS, SEGUNDA PESSOA DO PLURAL, RIQUEZA E BELEZA DO IDIOMA.     Arthur Virmond de Lacerda Neto.                                                                                                  8.82017. As pessoas do discurso são eu, tu, ele, nós, vós, eles. Existe a segunda pessoa do plural, a saber, vós, aplicável … Continuar lendo

Publicado em Língua portuguesa., Segunda pessoa do plural., Vício de linguagem | Deixe um comentário

Elogio da mesóclise.

                                                      Elogio da mesóclise. Arthur Virmond de Lacerda Neto. 21.VII.2017. A mesóclise é recurso … Continuar lendo

Publicado em Língua portuguesa., Mesóclise., Preconceito lingüístico | 1 Comentário