Teoria da continuidade no Positivismo.

É marcante, na obra de Augusto Comte, a noção de continuidade, de que lhe decorrem a ênfase no estudo da história, o conservadorismo e o reformismo. Eis o sumário do ensaio que redigi a respeito (a cuja íntegra acederá pela ligação abaixo):

I) Definição.

II) Idéia de continuidade. Espírito de continuidade. Sentimento de continuidade.

III) Método histórico.

IV) Descontinuidade.

V) Pressupostos.

V.a) Perspectiva social. Natureza social das pessoas. “Homem” como abstração.

V.b) Influência das gerações.

VI) Caracteres da continuidade.

VI.a) Científica.

VI.b) Programática. Modernismo. Mudancismo. Progresso Positivo. Conservadorismo. Reformismo.

VI.c) Deontológica. Deveres.

VI.d) Educadora.

VI.e) Religiosa.

VI.f) Cultual.

VI.g) Metodológica.

VI.h) Profética.

 

Apêndice.

Ortega y Gasset positivista.

1) Determinação social do indivíduo.

2) Continuidade.

3) Profecias em história.

 

Leia aqui a Teoria da continuidade no Positivismo: A continuidade no Positivismo..docx

Esse post foi publicado em Continuidade., Não categorizado, Positivismo de Augusto Comte. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Teoria da continuidade no Positivismo.

  1. Pingback: Positivismo de Augusto Comte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s