Arquivo da categoria: Evangélicos.

“Oil man” de Curitiba. Fiscal da vida alheia. Pudor.

“OIL MAN” DE CURITIBA. FISCAL DA VIDA ALHEIA. PUDOR. Em Curitiba, há um personagem popular, o Homem de Oleo, ou Oil Man, que pedala vestido, apenas, de sunga. Um sujeito, ao vê-lo, disse: -É atentado ao pudor. Eu, que falo … Continuar lendo

Publicado em "Oil man"., Caretice., Costumes., Crítica de costumes., Evangélicos., Fiscal da vida alheia., Herança cristã., Ignorância. | Deixe um comentário

Fiscais de cu.

  UNDÉCIMO MANDAMENTO. FISCAIS DE CU. Arthur Virmond de Lacerda Neto. 21.x.2016. Os mandamentos são onze e não dez. O undécimo, praticado por muita gente, é este: “FISCALIZARÁS A VIDA DO TEU PRÓXIMO”, o que se interpreta como: observarás e … Continuar lendo

Publicado em Ateísmo, Caretice., Casamento homo., Censura. Censura religiosa., Crítica de costumes., Cristianismo, Evangélicos., Falso-moralismo., homofobia, Homossexualidade, Undécimo mandamento. | Deixe um comentário

A liberdade espiritual e os evangélicos.

    A liberdade espiritual e os evangélicos.                                                              Arthur Virmond de Lacerda Neto. 27.IV.2013. A liberdade espiritual ou separação do Estado, das igrejas, ou laicização do Estado, foi instituída em 1890, por influência dos Positivistas, sob o valor … Continuar lendo

Publicado em Evangélicos., Liberdade, Positivismo de Augusto Comte, Teocratização do Brasil. | Deixe um comentário

Evangélicos, e esclarecidos. Casamento homo. Paródia da crucificação de Jesus. Cristiano Araújo.

EVANGÉLICOS, E ESCLARECIDOS. Há dois brasis em confronto: o anacrônico, intolerante, arrogante, preconceituoso e evangélico-radical, e o moderno, tolerante, humilde, acolhedor e laico-humanista. Por um lado, a mentalidade moderna, de liberdades e fraternidade, de compreensão e acolhimento. Por outro, a … Continuar lendo

Publicado em Ateísmo, Ateu., Casamento homo., Cristiano Araújo., Crucificação de Jesus (paródia)., deus imaginário., Evangélicos., Homossexualidade, Laicidade., Movimento homossexual., Parada da diversidade. | Deixe um comentário