Arquivo do mês: agosto 2017

COMTE, MARX, GRAMSCI, ORTEGA Y GASSET.

  COMTE, MARX, GRAMSCI, ORTEGA Y GASSET. 2007. O Curso de Filosofia Positiva, de Comte, sugere-me estas notas ligeiras: 1- Ao contrário do que dizem alguns esquerdistas, o Positivismo não é ideologia burguesa; ao contrário do que dizem certos marxistas, … Continuar lendo

Publicado em Comte., Gramsci., Marx., Ortega y Gasset. | Deixe um comentário

Pronomes contraídos.

PRONOMES CONTRAÍDOS. Vendo-lhe isto = vendo-lhe o = vendo-lho. Digo-lhe isto = Digo-lho. Dei isto para ti = Dei-te isto = Dei-to. Digo para vocês = Digo-vos. Já disso isto para vocês = Já vos disse isto = Já vo-lo … Continuar lendo

Publicado em Língua portuguesa, Preconceito lingüístico, Pronomes contraídos. | Deixe um comentário

Jesus foi crucificado nu.

A pintura é da autoria de Allin Cox. Jesus (se existiu, o que é totalmente duvidoso) foi crucifixado inteiramente nu. Os romanos crucificavam os condenados inteiramente pelados. As representações de J. C. com a genitália encoberta são falsas; também é falsa … Continuar lendo

Publicado em Herança cristã., Jesus., Nudez. Naturismo. | Deixe um comentário

Um olhar.

  UM OLHAR. 21.8.2017.Estudei no Colégio Medianeira, em Curitiba, de 1974 a 1984. Cerca de 1990 ou mais, visitei-o e à sala em que tirei o terceiro ano do científico e em que aluno loiro percebeu-me e fitou-me com atenção. … Continuar lendo

Publicado em Poesia. | Deixe um comentário

Nudez na arte.

Expus esta gravura na minha linha do tempo, do Facebook, e pedi que as pessoas dissessem como a interpretavam. Ela é da autoria de Rick Herold, que a intitulou “São José e seu filho”, em que o filho é (presumivelmente, … Continuar lendo

Publicado em Arte., Nudez. Naturismo. | Deixe um comentário

“Foi mal.”.

    “Foi mal.”.                                                Arthur Virmond de Lacerda Neto. 9.8.2017. Na convivência humana, há regras e fórmulas de urbanidade. Constituem regras de urbanidade as sujeições que cumprimos e que exprimem deferência, respeito, consideração, apreço, solidariedade por outrem. Elas … Continuar lendo

Publicado em "Foi mal."., Crítica de costumes., Não categorizado | Deixe um comentário

Segunda pessoa do plural.

VÓS, SEGUNDA PESSOA DO PLURAL, RIQUEZA E BELEZA DO IDIOMA.     Arthur Virmond de Lacerda Neto.                                                                                                  8.82017. As pessoas do discurso são eu, tu, ele, nós, vós, eles. Existe a segunda pessoa do plural, a saber, vós, aplicável … Continuar lendo

Publicado em Língua portuguesa., Segunda pessoa do plural. | Deixe um comentário