Arquivo do mês: janeiro 2020

Viagem de Vasco da Gama.

“POR MARES NUNCA DANTES NAVEGADOS”, de Ronaldo (Ronald) Watkins, é ótimo livro: trata da viagem de Vasco da Gama, cujas peripécias e aventuras descreve. Suas introdução, primeiro capítulo e epílogo contêm esclarecimentos fundamentais, para se compreender as motivações dos portugueses, … Continuar lendo

Publicado em Não categorizado, Vasco da Gama., Watkins, R. | Deixe um comentário

Os solecismos de Weintraub.

Os solecismos de Weintraub. Arthur Virmond de Lacerda Neto. 25.I.2020. O Ministro da Educação Abraham Weintraub comete cacografias primárias, exprime-se mal, constrói suas frases bisonhamente e é jovem. Sua qualidade idiomática foi merecidamente increpada em redes sociais, máxime pelos oponentes … Continuar lendo

Publicado em Vício de linguagem, Vernáculo. | Deixe um comentário

Anglicismos e tolices.

  ANGLICISMOS & TOLICES DE QUEM SABE MAL O VERNÁCULO. Chama-se de anglicismo a palavra ou locução originária do inglês, mal traduzida ou traduzida literalmente para o português, ou a sintaxe do inglês em português, em que representam elementos exóticos … Continuar lendo

Publicado em Anglicismos., Língua portuguesa | Deixe um comentário

O Positivismo e a transição para o conservadorismo olavista e não só.

  O POSITIVISMO E A TRANSIÇÃO PARA O CONSERVADORISMO OLAVISTA E NÃO SÓ. “O conjunto da situação ocidental não tende, então, somente a fazer por toda parte prevalecer, doravante, o movimento filosófico sobre a agitação política. Além disto, ele provoca … Continuar lendo

Publicado em Militares brasileiros., Positivismo de Augusto Comte | Deixe um comentário

O Ministro da Educação e o vernáculo.

  O ministro da Educação fala pessimamente, com pobreza léxica e construção primária; comete cacografias. Muitos o criticam, justamente, por isto. Espero que as críticas sejam sinceras e o escândalo que elas contêm sirvam para que criticadores e público em … Continuar lendo

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário

Miguel Ângelo e não “Michelangelo”.

MIGUEL ÂNGELO e não “Michelangelo”. A forma correta, em português, é , há séculos: Miguel Ângelo. “Michelangelo” (“michelangélo”) é forma espúria, introduzida indevidamente pelos maus tradutores de livros do inglês, que se limitam a imitar, a macaquear o que leem … Continuar lendo

Publicado em Língua portuguesa | Deixe um comentário

“Preço” e não “valor”. Preposições. “Pré-agendar”.

“PREÇO” E NÃO “VALOR”. No comércio, o povo pergunta o “valor” da mercadoria; nos serviços, o atendente diz o “valor” da consulta (por exemplo) médica. Entendam, de uma vez por todas, que valor não é preço, e acabem com esta … Continuar lendo

Publicado em Língua portuguesa, Não categorizado, Vício de linguagem, Vernáculo. | Deixe um comentário