Arquivo do mês: maio 2006

Não basta ser ateu

                      Não basta ser ateu. Ateísmos negativo e positivo 26 de agosto de 2003                                                                                                                       Ateu é  quem não acredita em deus,  não admite a divindade de Cristo,   não aceita a existência do céu e do inferno,  recusa o … Continuar lendo

Publicado em Ateísmo | Deixe um comentário

Os intelectuais do Brasil e o Positivismo

                           Os intelectuais do Brasil e o Positivismo                                                            Arthur Virmond de Lacerda Neto                           Leitor de Comte no original e na íntegra repetidas vezes, Alain abundava em razão: para conhecê-lo, é preciso lê-lo, lê-lo no original  … Continuar lendo

Publicado em Positivismo de Augusto Comte | Deixe um comentário

A prostituição

                                     Sobre a prostituição                                                Fevereiro de 2004                             É  fato averigüado sempre haver existido a prostituição: onde existem homens, no sentido masculino, e mulheres, lá existe ela.  Houve mesmo quem (Rémy de Gourmont) considerasse-a conseqüência estrita … Continuar lendo

Publicado em Homossexualidade | Deixe um comentário

A ditadura republicana do Positivismo

 Circula, especialmente no Brasil, uma desinformação que deturpa completamente o significado do pensamento político do Positivismo, mediante o expediente simplíssimo da repetição de uma fórmula lingüística fora do seu contexto original e desacompanhada de qualquer explicação que a elucide: a ditadura … Continuar lendo

Publicado em Positivismo de Augusto Comte | Deixe um comentário

Homossexualidade e cristianismo

Homossexualidade e cristianismo                                                            4.IV.2004                                                                                 Não ligueis nunca ao que o vulgo opina. O vulgo é toda esta multidão que vos rodeia[…]Observai-os e notareis que este vulgo não sabe nunca porque diz o que diz, não prova … Continuar lendo

Publicado em Psicologia | Deixe um comentário

O direito foraleiro no Portugal medievo

O direito foraleiro no Portugal medievo                                                                                                                   Arthur Virmond de Lacerda Neto                                                                                    Setembro de 2005.                           Caracterizou-se a Idade Média pela coexistência de distintas fontes de regras jurídicas: o direito canônico, se regia essencialmente a vida da … Continuar lendo

Publicado em História do direito | Deixe um comentário

Ser pai

                                                                      SER PAI                                                                        1º.I.2006                                                                          A pensar    no ………………….e  ………………………………..(em quem?Direi no livro, quando publicar isto).                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                   Arthur Virmond de Lacerda Neto                                  Longe de reduzir-se ao ato puramente … Continuar lendo

Publicado em Experiência de vida | Deixe um comentário